Lojas de ambientações estão em alta


Os novos consumidores residentes no Cariri estão de olho em modernos estilos de decoração de interiores
Crato O boom imobiliário que ocorre atualmente na região do Cariri tem provocado a instalação de várias lojas de outros segmentos, um deles é o de ambientações. No setor, devido às demandas de consumidores e carência de estabelecimentos no setor, segundo os comerciantes, há um amplo espaço para expansão. Eles observam que a preferência é por produtos de alta qualidade. Há cerca de um mês, a Aguilar Ambientações ampliou sua estrutura de Fortaleza para a cidade de Juazeiro do Norte. A empresa oferece objetos para decoração. Entre os itens estão cortinas, persianas, tapetes e papeis de parede, além de adornos, almofadas e tecidos finos.

Móveis de estilo e objetos de decoração de interiores acompanham o "boom" do setor imobiliário no Cariri. Os novos moradores da região mostram-se mais exigentes quando o assunto é bem viver fotos: Yaçanã Neponucena


Após um estudo de mercado, onde foram detectadas as necessidades por produtos de alto padrão e por serviços personalizados, a Aguilar Ambientações tornou-se sinônimo de sofisticação. Os objetos são trazidos da Europa e podem ser classificados como econômicos e de padrão elevado. Durante um ano, a empresa atuou no mercado regional em parceria com profissionais da área, como arquitetos designers e decoradores, mas sem instalações. De acordo com a comerciante Cristina Aguilar, a quantidade de clientes é satisfatória. "O que nos trouxe para o Cariri foi o incentivo do designer de interiores Carlos Zaranza, que nós apresentou o mercado, onde realizamos diversos projetos juntos. Estamos vendo que o mercado oferece muitas oportunidades", revela.

O perfil dos consumidores da Aguilar Ambientações abrange todas as classes, mas, devido à loja disponibilizar produtos exclusivos, a maioria é das categorias A e B. Os atendimentos também podem ser realizados nas residências dos consumidores, onde os colaboradores prestam assessoria na escolha da decoração dos ambientes. Quando há necessidades específicas, um profissional da área atua para prestar orientação.

Além de peças decorativas, a empresa vende serviços e acompanha as montagens dos projetos do início a a finalização, o que é o diferencial da loja e gera a fidelização dos clientes. Diante do grande número de empreendimentos imobiliários e pela característica dos clientes em quererem suas casas decoradas com urgência, os comerciantes estão investindo em estoques para pronta entrega.

ProjetoHá cerca de quatro anos, ainda antes deste cenário, a Di Casa trouxe para o Cariri o conceito de ambientação projetada. Até o ano de 2008, o serviço só era encontrado nas capitais. Com a novidade, os atendimentos foram surgindo após as pessoas observarem as instalações da loja, o que despertou a curiosidade dos caririenses em conhecer os produtos. Hoje, o estabelecimento é referência no setor. Apenas em Juazeiro do Norte, a empresa já realizou a decoração de mais de 50 residências com o perfil dos móveis. Também há concretização de ambientações em outras cidades da região e em municípios dos Estados e Pernambuco, Paraíba e Piauí.

O diferencial da Di Casa está na alta qualidade dos produtos oferecidos atrelada às orientações de conhecimento da administradora da loja, Emanuela Machado, que domina as técnicas de ambientações há mais de dez anos. O estabelecimento dispõe de mix de produtos com características que se adequam a diversos perfis residenciais. Os itens vão desde aos sofás e salas de jantar nos estilos que passam dos clássicos aos contemporâneos até pequenos adornos que completam a decoração.

No estoque estão móveis produzidos no Sul e Sudeste. Com o objetivo de proporcionar mais conforto aos consumidores, recentemente, a Di Casa transferiu sua estrutura para a Av. Castelo Branco. Para o futuro, a meta é ampliar as instalações de acordo com o crescimento das demandas. A agora, no banco de dados estão mais de mil clientes fidelizados. O número é considerado alto para o segmento. Mas, segundo Emanuela Machado, é referente à credibilidade que a loja construiu. Ela avalia que a região está aberta a receber novos empreendimentos. "Temos produtos diferenciados e um bom campo de atuação. Suprimos a demanda por esse tipo de produto. Mas ainda há muito por investir. Existe uma carência de profissionais que direcionem as vendas para este segmento".
Postar um comentário

Veja Mais